O espetáculo mais triste da terra

De Mauro Ventura

426225_360383473983318_256834332_nNum domingo calorento poucos dias antes do Natal de 1961, o Gran Circo Norte Americano reunia mais de três mil pessoas sob sua lona, instalada num terreno usado como campinho de várzea em Niterói. Antes do fim de espetáculo, centenas delas haveriam de morrer queimadas numa tragédia sem precedentes – e sem rivais, até hoje – na história do entretenimento. Por vezes repetitivo na narrativa dos procedimentos médicos e dificuldades nos hospitais públicos que atendiam os feridos, o livro resgata a memória completa do incidente, do qual eu nunca tinha ouvido falar. Destaque para os capítulos que falam do trabalho da polícia, da demagogia dos políticos e da falta, até hoje, de uma explicação para o incêndio.

(Publicado originalmente no Facebook em 2 de março de 2012)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s