O que você vai ler em 2017?

No ano passado, Renata me convenceu a finalmente baixar o aplicativo GoodReads, que ajuda muito a organizar a vida de leitores. Você monta sua estante, registra suas leituras, pontua, interage com outros leitores e, especialmente, pode estabelecer um desafio pessoal de leitura para o ano. Em 2016, meu primeiro ano na brincadeira, coloquei um desafio pessoal de 50 livros. Consegui chegar a 51. Já elegi meus preferidos neste post que publicamos na semana passada. Do balanço pessoal de 2017, seguem alguns números:

  • Li 32 autores e 19 autoras, não conseguindo atingir a meta de ler 50% de livros escritos por mulheres.
  • 27 livros foram de autores brasileiros. E 24 de estrangeiros. A meta era meio a meio e foi superada com sobras. O que quer dizer que tem muita literatura brasileira dando sopa.

Se o recorte for pelo gênero, o literário, a coisa ficou assim:

  • 38 romances
  • 8 livros de contos, com belas descobertas.
  • 4 biografias
  • 2 HQs sobre história do Brasil
  • 1 livro de poesia. Ainda assim, releitura de João Cabral. Preciso vencer a preguiça com a poesia.

Em 2016 fiz 3 releituras. Ataquei de novo Grande Sertão: Veredas, A metamorfose e Agrestes, o único de poesia no ano todo.

Nada menos do que 28 autores que eu jamais havia lido entraram na lista deste ano. Desde Saint-Exupéry, lido em francês e para corrigir a falha de nunca jamais em tempo algum ter lido Le Petit Prince, passando por incríveis descobertas nacionais ultra contemporâneas, como Paula Fabrio, Micheliny Verunschk, Maria Valéria Rezende, Elvira Vigna e Sheyla Smanioto, até escritores incríveis e desconhecidos por estas plagas como o catalão Gines S. Cutillas, a  misteriosa Elena Ferrante, os best seller franceses Modiano e Carrère e os antigos e reeditados gênios brasileiros do conto, Murilo Rubião e José J.Veiga.

E como fica a leitura em 2017?

Já coloquei no GoodReads a minha meta. Serão pelo menos 52 livros. Um por semana. Já terminei dois neste comecinho de ano. De Ali Smith o ótimo Como ser as duas coisas e de Georges Perec uma das leituras mais absurdas e boas que já tive: A arte e a maneira de abordar seu chefe para pedir um aumento. Ambos da Companhia das Letras, que foi também a editora mais lida em 2016.

As metas em 2017 incluem: aproximar ainda mais o número de autoras dos 50% de leituras e manter firme a adesão ao #leiamulheres. Reler pelo menos 5 clássicos que volta e meia me trazem saudades, como Cem anos de solidão e Jogo de Amarelinha, entre outros. Juro que vou me esforçar para ter mais poesia na estante de leituras. E continuar a toada de descobertas de autores novos ou autores ainda nunca lidos.

E você, já tem um desafio para 2017? O que vai ler? Conte aqui pra gente. Dê sua dica de leitura para ajudar os autores do Lombada a cumprir essa deliciosa meta.

P.S.: a imagem em destaque é da obra Matéria do esquecimento, da artista portuguesa Sofia Leitão, exposta na mostra “Portugal Portugueses”, que fica até 8 de janeiro de 2017 no Museu Afro Brasil, no Ibirapuera, em São Paulo.

Anúncios

6 comentários sobre “O que você vai ler em 2017?

  1. Minha contabilidade, rs…

    A meta era de 52 livros e consegui ler 65 (\o/).

    Foram 36 homens e 29 mulheres – então também não cheguei na meta de ler 50% de mulheres. 😦 De qualquer forma, li muito mais escritoras do que no ano passado.
    38 brasileiros e 27 estrangeiros!

    44 romances
    4 livros jornalísticos
    3 livros de poesia
    3 infantis
    2 histórias em quadrinhos
    2 livros de contos
    2 livros de ensaios
    2 livros de ciências sociais
    1 peça
    1 livro de crítica literária

    Curtido por 1 pessoa

  2. Nossa, quando eu crescer eu quero ser leitores como vocês! Sou a leitora fajuta que tenho um blog e mal leio 12 livros por ano. :~ Mas eu adorei as dicas, me inspirou muito. Sou cadastrada no Goodreads mas nunca me empenhei nele, vou baixar o app pra ver. E amo Murilo Rubião, pena que quase ninguém conhece. Me inspirei bastante com esse post e vou tentar programar todas as minhas leituras fazendo porcentagens também de autoras mulheres, quadrinhos, biografia que nunca leio, etc. 😀

    Curtir

  3. Em 2017 lancei um desafio de leitura totalmente dedicado à literatura brasileira, com um livro por mês, seguindo alguma categoria (http://wp.me/p3Uc2d-vr). Além dos escolhidos para esse projeto, quero ler outros títulos encalhados na estante, também me debruçando sobre o trabalho de alguns autores que estarão na Bienal do Livro de Fortaleza em abril, como Daniel Galera e Valter Hugo Mãe. 🙂

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s